Barra de vídeo

Loading...

terça-feira, 22 de março de 2016

Mulher confessa que matou homem a facadas por ciúmes da namorada

Bianca Bianchi

Corpo de Carlos Dutra foi encontrado na rua Carlos de Carvalho (Foto: Fernando Antunes)Corpo de Carlos Dutra foi encontrado na rua Carlos de Carvalho (Foto: Fernando Antunes)
A auxiliar de limpeza Ana Paula Gomes da Silva, 22 anos, confessou ter matado Carlos Dutra Araújo, 37, no fim da tarde de sábado (19) no Jardim Imperial, região Norte de Campo Grande. Ela disse à polícia que matou o homem por ciúmes, pois dias antes ele teria passado a mão em sua namorada, que não teve a identidade revelada.

Em depoimento à polícia, Ana Paula disse que usou uma faca de açougueiro para cometer o crime, jogando-a em uma lixeira logo em seguida. O artefato não foi localizado. 
Uma testemunha, identificada apenas como Nara, disse que ouviu Ana Paula jurar Carlos de morte depois que soube que ele passou a mão nos seios de sua namorada. O fato teria acontecido dias antes em uma boate do bairro. 
De acordo com testemunhas, o irmão de Ana Paula, Joilson Gomes, vulgo "Juninho", teria participado do crime, mas a mulher nega o envolvimento dele e garante que agiu sozinha. A polícia ainda investiga a participação de outras pessoas.
Caso – De acordo com boletim de ocorrência, registrado por José Dutra Araújo, irmão da vítima, Carlos teria sido abordado por três pessoas em uma moto enquanto passava de bicicleta pela Rua Carlos de Carvalho. Duas dessas pessoas teriam descido da moto e dado diversas facadas, deixando-o caído em frente ao número 105, entre a calçada e o meio-fio.
A bicicleta da vítima foi encontrada em frente a um bar, na Rua Nacional, a cerca de 150 metros do corpo. As investigações iniciais apontaram que o crime pudesse ter acontecido por causa de uma briga de bar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário