Barra de vídeo

Loading...

terça-feira, 8 de março de 2016

Gerente de fazenda mata funcionário ao descobrir traição de esposa

Homem foi morto com quatro tiros

  • Corpo foi encontrado em área que estava sendo preparada para o plantio de milho (Foto: Dourados News)
  • Vilmar Carlos Macena, de 33 anos, foi morto na manhã de segunda-feira (7) com quatro tiros depois que Paulo César Gonçalves, de 35 anos, gerente da fazenda onde trabalhava em Rio Brilhante, cidade a 158 quilômetros de Campo Grande, descobriu que ele estava tendo um caso com sua mulher.

    Segundo informações do registro policial, o corpo de Vilmar foi encontrado em uma área que estava sendo preparada para o plantio de milho. Ao encontrar Vilmar no local, Paulo teria perguntado se ele estava tendo um caso com sua esposa. Mesmo com a negativa de Vilmar, Paulo teria dito que ele aprenderia a não mexer com a mulher dos outros e de dentro do veículo que conduzia efetuou um disparo.
    Ainda de acordo com o registro, depois de efetuar várias manobras com a caminhonete que conduzia, Paulo seguiu Vilmar e efetuou outros disparos. O corpo de Vilmar foi encontrado de bruços com quatro perfurações: um na bochecha do lado direito, outro na cabeça acima da orelha direita, um na mão direita e outro nas costas. A polícia acredita que a arme usada foi uma pistola calibre 22.
    Na casa de Paulo a polícia encontrou duas espingardas, um revolver calibre 38 com capacidade para 6 munições, 14 munições calibre 22 intactas, duas munições 357 intactas e uma de 9mm. Paulo não foi localizado. O caso foi registrado como homicídio simples na Delegacia de Polícia de Rio Brilhante

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário