Barra de vídeo

Loading...

sexta-feira, 4 de março de 2016

Menino torturado engorda 2 kg e apresenta melhoras, diz médica

Depois de uma semana internado na Santa Casa de Campo Grande, o menino de 4 anos torturado durante rituais de magia negra apresentou melhoras, também está previsto ele receber alta nos próximos dias. A criança está sendo cuidada por uma equipe de médicos.
De acordo com a médica pediatra, Patrícia Otto, responsável pela recuperação do menino, ele vem apresentando evolução no quadro médico, também já adquiriu peso neste período de internação. “Ele ganhou 2,3 kg, também está tendo uma boa aceitação com a alimentação. O tratamento vai seguir mesmo depois da alta”, explica.
A médica disse que a internação do menino se deu por conta das queimaduras e infecções que precisavam passar por tratamento. Ele continua internado em um quatro isolado contendo televisão e há uma acompanhante que fica 24 horas ao lado dele. Também passará por uma nova drenagem no ouvido esquerdo, além do suspensão dos antibióticos.
Uma equipe de especialistas trabalha para ajudar na recuperação e no tratamento dele, os profissionais são diversos entre eles estão terapeuta, fonoaudióloga, psicólogo, nutricionista e fisioterapeuta, todos dedicados para ajudar no tratamento e recuperação do menino.
O menino chegou ao hospital no dia 23 de fevereiro quando veio encaminhado de uma unidade de saúde acompanhado da tia. Ele passou por avaliação médica que foi constatado trauma em fase como também múltiplas lesões, queimaduras e hematomas na orelha esquerda. Segundo a médica, a tia contou que a criança havia caído há quinze dias, mas sobre as lesões ela “não soube explicar”.
A criança passou por avaliação cirúrgica, de otorrino, como também por tratamento clínico, foram realizados exames para diagnosticar outras causas. Durante o exame de radiografia não foram identificados outros hematomas. “Ele teve que passar por exames para investigação, pois não tínhamos conhecimento do passado médico dele”, explicou.
Durante as avaliações foram constatada sintomas de maus tratos, anemia por falta de proteína e alimentação correta. Também sofreu lesões oculares e os exames apontaram uma úlcera de córnea no olho esquerdo. Mas segunda a médica, não corre o risco de ficar cego, as visões já foram recuperadas em 80%.  “Ele já está fazendo todas as funções motoras normalmente como pegar brinquedos e outras coisas”, conta.
Cuidado
Sobre o estado psicológico da criança, a psicóloga, Alexandra Nascimento, contou que o menino está mais participativo, mas adiantou que não tem como fazer uma análise mais completa. Ela garantiu que o foco dos médicos é na aceitação da recuperação. “Nosso foco é mais aceitação dele com o tratamento. Ele tem se alimentado bem”, comenta.
A psicóloga explica que a criança se queixa pouco de dores e tem resistência quando é questionada. Outra evolução apresentada durante o tratamento é a interação dele com a equipe médica. “Está conversando mais, também apresenta outra postura diante das pessoas. Ele reclama pouco de dor”, explica. O menino ainda não tem previsão de alta.  
Liga do Bem
Na tarde desta quinta-feira (3), o menino foi surpreendido com a visita da equipe 'Liga do Bem', vestidos de homem aranha. A criança foi presenteada com fantasia do homem aranha, como também ganhou copo e boneco personalizado. Segundo a assessoria, o menino dançou, brincou e sorriu durante o encontro. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário