Barra de vídeo

Loading...

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Jovem é preso depois de perseguição policial ao atirar em frente ao CMO

O flagrante ocorreu minutos depois de uma das cinco pessoas de um veículo Gol disparar contra o quartel


Wellyngton da Silva Ferreira, de 24 anos, foi preso nesta madrugada (5), às 1h, após disparar com uma arma de fogo, na Avenida Duque de Caxias, em frente ao Comando Militar do Oeste (CMO), no Bairro Santo Antônio, em Campo Grande. O flagrante ocorreu depois de diligências pela região.

Um indivíduo em um Gol de cor cinza teria efetuado os tiros em direção ao quartel.  Ao realizar buscas pelas redondezas, o carro suspeito foi encontrado no cruzamento das Ruas Nice com Felipe Santos, no Bairro Jardim Sayonara.

Foram abordados pela polícia Thiago, Wellyngton, Raphael Nogueira, Eraldo e Thamara Arguelho. Foi localizado embaixo do banco do carona um revólver calibre ponto 38 da marca Taurus, oxidado, cabo de madeira, com quatro munições, sendo duas intactas e duas capsulas deflagradas.

Rafael contou à polícia que o revólver era de Wellyngton e que todos ficaram sabendo que ele estava armado apenas no momento dos disparos. Rafael é quem conduzia o veículo, de sua propriedade, enquanto Welllyngton estava sentado no banco de trás, à direita e efetuou os dois disparos em direção ao CMO.

“Desde o quartel que eu não atiro”, disse Wellyngton ao sacar a arma e disparar. Dois militares que estavam de sentinela na hora dos tiros confirmaram os fatos e já tinham comunicado o episódio à equipe policial. Diante dos fatos, foi dado voz de prisão, sendo que ele foi qualificado por disparo de arma de fogo em via pública e encaminhado à delegacia do centro.

Todos foram ouvidos na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário  (Depac) do Centro, onde foi localizado um papelote de substância semelhante à cocaína com Wellyngton, durante revista pessoal

Nenhum comentário:

Postar um comentário